Home > Especial, O que há de novo? > Chamas da Destruição: Quem ri por último…

Chamas da Destruição: Quem ri por último…

May 8th, 2018

Os Cards de Armadilha te incomodam? Então a Reinicialização Vermelha da coleção Chamas da Destruição chegou para ajudá-lo, sendo talvez a melhor Armadilha antiarmadilha já lançada!

A Reinicialização Vermelha é uma Armadilha de Resposta, o que, naturalmente, já garante uma grande vantagem em comparação aos outros Cards de Armadilha – apenas outra Armadilha de Resposta seria capaz de bater de frente com ela, mas poucas das que existem hoje em dia seriam capazes de fazer isso.

Você pode ativar a Reinicialização Vermelha em resposta à outra Armadilha para negar sua ativação. Quando o fizer, o card negado permanece Baixado no campo e, em seguida, o oponente pode Baixar outra Armadilha direto do Deck. E é justamente aqui que você se pergunta por qual razão deixaria o oponente manter o card negado em campo e ainda o presentearia com mais um? Bem, a resposta é porque a Reinicialização Vermelha impede que o oponente ative Cards de Armadilhas até o final do turno!

Assim, ele ficará com uma mão na frente e outra atrás, o que deixará você livre para prosseguir com sua estratégia durante o seu próprio turno. E isso não é tudo – normalmente, a Reinicialização Vermelha pode ser ativada sem nenhum custo, mas também é possível ativá-la direto da mão em troca de metade dos seus Pontos de Vida! Isto é o que torna a Reinicialização Vermelha muito melhor do que cards similares, como a Escuta e Atordoar Armadilha – tornando-se a primeira Armadilha de Resposta que pode ser ativada da mão! Em outras palavras, ela pode ser usada assim que for comprada do Deck e você ainda pode mantê-la em sua mão protegida dos efeitos destrutivos!

O efeito da Reinicialização Vermelha é basicamente um “tudo ou nada”. Afinal, se considerarmos que o oponente irá manter a Armadilha em campo e ainda comprar mais uma, você poderá sofrer com as consequências assim que o efeito da Reinicialização Vermelha acabar no final do turno. Sendo assim, para maximizar sua eficiência, é melhor utilizá-la em situações realmente necessárias. Confira abaixo alguns exemplos de como a Reinicialização Vermelha vale a pena em momentos de emergência:

Barragem Dimensional: Se você não conseguir destruir a Barragem na Fase Final do turno em que ela foi Baixada, provavelmente acabará perdendo o seu turno. No entanto, apesar de ser um card extremamente poderoso e difícil de lidar, ele não é páreo para a Reinicialização Vermelha. Além disso, vale notar que a Barragem se torna menos eficiente depois que você já Invocou os seus monstros, então a desvantagem de mantê-la Baixada no campo não é tão prejudicial nesse caso.

– Trapestrelas: Se o oponente tentar fazer o combo Droll & Pássaro Fechadura + Reencravação Trapestrela, basta negar a Reencravação e sua mão estará segura. Pagar metade dos Pontos de Vida ao enfrentar um Deck de Trapestrelas pode ser arriscado, mas ainda é melhor do que ter toda a sua mão banida.

– Paleozoicos: A Reinicialização Vermelha pode literalmente impedir que os Decks Paleozoicos (famosos por sua grande quantidade de Armadilhas) usem seus cards pelo resto do turno. Os Duelistas adeptos dessa estratégia costumam preencher toda a fileira de trás do campo com Armadilhas – se isso acontecer, use a Reinicialização Vermelha e eles sequer terão espaço sobrando para o card bônus que seria Baixado do Deck.

Confronto Justo: A Reinicialização Vermelha é uma opção fantástica para responder ao oponente que está tentando surpreendê-lo com o Confronto Justo. Além disso, já que a maioria dos Duelistas que usam estratégias com o Confronto Justo a mantém como única Armadilha do Deck, então você não precisa se preocupar com a desvantagem que concede um card extra para o oponente Baixar – afinal, ter mais cards em campo apenas enfraqueceria seu efeito. O oponente ficará em uma situação realmente complicada. Talvez ele queira montar uma defesa para se preparar, mas colocar mais cards no campo iria prejudicar ainda mais o efeito do Confronto Justo. Ou então ele pode deixar o campo como está para tentar ativar o Confronto Justo no turno seguinte, arriscando seus próprios Pontos de Vida e sua Armadilha, que poderia ser destruída antes mesmo de ser virada.

– Destruição de Armadilhas: Se o seu Deck é do tipo que faz estrago enquanto as Armadilhas estão impossibilitadas, então você também pode lidar com a vantagem que deu ao oponente. Usar cards como o Dragão da Rosa Negra ou o novo Trisbena Topológica enquanto a Zona de Magias e Armadilhas do oponente está lotada é tentador, mas arriscado. No entanto, a Reinicialização Vermelha permite que você use esses monstros sem medo, e eles imediatamente vão eliminar os cards Baixados do oponente que sobraram no campo, incluindo aquele acabou de pegar no Deck.  A estratégia do tema Verdadeiro Draco possibilita a compra de cards através das suas Magias Contínuas e ainda garante a destruição de Armadilhas com a habilidade do Master da Paz, o Verdadeiro Dracoassassino Rei. Os ESPIRÕES podem usar o ESPIRÃO Dormente junto com o APARATO ESPIRÃO – Último Resort para enfrentar as Armadilhas. Outros Decks podem usar a Tempestade Pesada de Pó ou cards com efeitos similares. Basicamente, se o seu Deck é bom em destruir os cards da Zona de Magias e Armadilhas, você não se importará com a Armadilha extra que a Reinicialização Vermelha conceder ao oponente.

Se o seu Deck precisa de um card para deter Armadilhas perigosas, a Reinicialização Vermelha é a solução! Em breve, você poderá encontrá-la na coleção Chamas da Destruição!

Escrito por: Tyler Berger