Home > 2018/11 - São Paulo, BRA, Yu-Gi-Oh! Championship Series > YCS SP – Partida em Destaque do Top 32: Tiago Alves da Silva vs. Caio Santos Barreto

YCS SP – Partida em Destaque do Top 32: Tiago Alves da Silva vs. Caio Santos Barreto

November 18th, 2018

Sejam bem-vindos ao Top 32! Entramos nas rodadas eliminatórias do Evento Principal! Falta pouco para descobrirmos quem será coroado como Campeão! De um lado da Mesa 2, em 6º lugar, temos Tiago Alves da Silva, de Juiz de Fora, com seu Deck de Força Celeste. Do outro lado, o paulista Caio Santos Barreto, 17º colocado, aguarda com seu Deck de Ventrobruxas/Trapestrelas! Não temos visto as Ventobruxas no cenário competitivo já faz algum tempo, mas sua habilidade de causar dano por efeito e o estilo de iniciar combos com um único card (Ventobruxa – Sino de Gelo) assemelha-se às Trapestrelas, que também causam danos por efeitos e iniciam combos com apenas um card (Palco Iluminado Trapestrela ou Trapestrela Candina). Um destes Duelistas seguirá rumo ao Top 16, enquanto o outro será eliminado do torneio. Hora do Duelo!

Duelo 1

Tiago venceu a jogada de moeda e decidiu começar. Ele abriu com o Goblin Inexperiente para comprar um card, e ativou a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero. Depois, usou a Força Celeste – Mobilizar – Engajar! para adicionar a Força Celeste – Ás – Raye do Deck à sua mão. Ele fez a Invocação-Normal da Raye e ativou o efeito da Área Zero ao selecioná-la como alvo, o que gerou uma Corrente com o efeito da Raye, possibilitando a Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Kagari do Deck Adicional. O efeito da Magia de Campo foi resolvido, e então Tiago adicionou outra Raye do Deck à sua mão. A habilidade da Força Celeste – Ás – Kagari permitiu que Tiago recuperasse a Força Celeste – Mobilizar – Engajar! que acabou de usar para ativá-la novamente – dessa vez, ele adicionou a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva do Deck à sua mão. Para finalizar, ele Baixou 2 cards na Zona de Magias e Armadilhas, enviou a Kagari ao Cemitério para fazer a Invocação-Link da Força Celeste – Ás – Shizuku e, na Fase Final, usou a habilidade da Shizuku para adicionar outra Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva à sua mão.

Barreto começou comprando a Reencravação Trapestrela. Ele ativou o Palco Iluminado Trapestrela, mas Tiago respondeu com os Tornados Gêmeos, descartando a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva de sua mão para destruir a Magia de Campo a fim de impedir que Barreto buscasse em seu Deck. Mas Barreto estava com um Transformação Campal em prontidão! Ele a ativou e buscou por outro Palco Iluminado Trapestrela, que dessa vez foi ativado com sucesso, permitindo-o adicionar uma Trapestrela Candina do Deck à sua mão. Na sequência, ele usou o efeito do Palco Iluminado Trapestrela para congelar as Magias/Armadilhas Baixadas no campo de Tiago. Depois, a Trapestrela Candina foi Invocada por Invocação-Normal, fazendo com que Barreto adicionasse a Trapestrela Lycoris do Deck para a mão. Antes de encerrar seu turno, ele Baixou a Reencravação Trapestrela, Bode Expiatório e Chamado da Cova. Na Fase Final, a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva foi enviada ao Cemitério sem ser ativada.

Tiago começou com tudo ativando a Força Celeste – Manobra – Pós-combustão! Barreto iniciou uma Corrente com seu Bode Expiatório. Tiago não respondeu, o que permitiu que Barreto ativasse a Reencravação Trapestrela. Tiago novamente não tomou nenhuma ação, e Barreto ativou o Chamado da Cova que até então estava Baixado, selecionando a Força Celeste – Ás – Kagari de Tiago no Cemitério. Em seguida, Tiago respondeu com os Tornados Gêmeos e descartou a Força Celeste – Ás – Raye (protegendo-a da Reencravação Trapestrela), destruindo o Palco Iluminado Trapestrela de Barreto no processo. A Corrente foi resolvida, e Tiago prosseguiu banindo a Carona de sua mão para comprar um card. A Shizuku de Tiago foi trocada pela Força Celeste – Ás – Hayate, que atacou e destruiu uma Ficha. Depois, o efeito da Hayate foi usado para enviar a Força Celeste – Mecharsenal – Base Hércules do Deck para o Cemitério. Na Fase Principal 2, Hayate foi substituída por outra Shizuku. Durante a Fase Final, Tiago adicionou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção do Deck à sua mão através do efeito da Shizuku.

Barreto comprou a Trapestrela Lycoris. Ele usou uma Ficha para fazer a Invocação-Link da Link Aranha. Depois, outra Ficha foi usada na Invocação-Link do Linkuriboh. A Ficha restante foi usada junto com o Linkuriboh para trazer o Cavaleiro do Pesadelo Cérbero ao campo. Ele seguiu com a Invocação-Normal da Trapestrela Candina e usou seu efeito para adicionar a Trapestrela Lírio-do-sino à sua mão. O efeito da Trapestrela Lírio-do-sino entrou em ação, e Tiago respondeu com o Droll & Pássaro Fechadura, impedindo seu oponente de fazer mais buscas ou compras pelo resto do turno. A Trapestrela Candina, Link Aranha e o Linkuriboh foram usados na Invocação-Link do Dragão Callibregado. Na Fase de Batalha, o Dragão Callibregado atacou e assumiu o controle da Shizuku de Tiago. Ainda na Fase de Batalha, Barreto usou a Reencravação Trapestrela do Cemitério para fazer a Invocação-Especial da Trapestrela Candina, que realizou um ataque direto e causou 1800 pontos de dano, deixando Tiago com apenas 1000 PV. As 2 Lycoris restantes no Campo de Barreto selaram o destino do próximo turno de Tiago, que concedeu o Duelo. Com isso, Barreto está a uma vitória de garantir sua vaga no Top 16.

Duelo 2

Tiago deixou que Barreto começasse. Então, Barreto fez a Invocação-Normal da Ventobruxa – Sino de Vidro! Seu efeito permitiu que ele adicionasse a Ventobruxa – Sino de Gelo do Deck à sua mão. Neste momento, Tiago ativou o Droll & Pássaro Fechadura para impedir as buscas no Deck de Barreto pelo resto do turno. Em seguida, Barreto Baixou a Tempestade Pesada de Pó e encerrou seu turno.

Tiago usou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção e a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero. Depois, Baixou um card e ativou o efeito da Área Zero para escolher o card Baixado – mas Barreto respondeu virando o Tempestade Pesada de Pó para destruir a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção junto a Transformação Campal Baixada de Tiago! Tiago então resolveu o efeito da Área Zero e adicionou a Força Celeste – Mecha – Impulsionador Águia à sua mão. Na sequência, ativou os Tornados Gêmeos e descartou a Força Celeste – Mecharsenal – Base Hércules para destruir sua própria Magia de Campo. Depois, ativou o efeito de Cemitério da Área Zero, mas Barreto respondeu com Florescer de Cinzas & Primavera Feliz para negar seu efeito.

Barreto fez a Invocação-Normal da Ventobruxa – Sino de Gelo, causando 500 pontos de dano a Tiago no processo. Seus dois monstros atacaram diretamente, deixando Tiago com 5000 PV. Na Fase Principal 2, ele usou as duas Ventobruxas para fazer a Invocação-Sincro da Ventobruxa – Sino do Inverno que teve seu efeito ativado para causar mais 800 pontos de dano, deixando Tiago com 4200 PV no total.

Tiago Baixou um card na Zona de Magias e Armadilhas e encerrou seu turno.

Barreto ativou o efeito da Ventobruxa – Sino do Inverno para causar mais danos, e depois seguiu com a Invocação-Normal da Trapestrela Lycoris. Isso foi o suficiente para Tiago. Ele estendeu sua mão e ofereceu um aperto de mão.

Barreto sai vitorioso rumo ao Top 16 com seu Deck de Ventobruxa/Trapestrelas!

Autor: Joe Frankino