Home > 2018/11 - São Paulo, Brasil, Yu-Gi-Oh! Championship Series > YCS SP – Final: Paulo Roberto vs. Henrique Domingues – Parte 1

YCS SP – Final: Paulo Roberto vs. Henrique Domingues – Parte 1

November 18th, 2018

Chegamos aos Duelos decisivos! A Final do YCS São Paulo será um embate entre as Forças Celestes e Trapestrelas, ou melhor, entre Paulo Roberto Gonçalves da Silva e Henrique Domingues Nascimento. Por chegarem até aqui, após o encerramento do torneio, ambos receberão uma cópia do Chaos Emperor, the Dragon of Armageddon, mas apenas um deles levará a versão Ultra Rara para casa – e, claro, somente um será coroado como o Campeão! Pela última vez neste fim de semana: é hora do Duelo!

Duelo 1

Paulo venceu a jogada de moeda e decidiu começar. Ele abriu com o Reforço do Exército para adicionar a Força Celeste – Ás – Raye do Deck à sua mão. Em seguida, Invocou a Raye por Invocação-Normal e a usou como matéria para a Invocação-Link da Força Celeste – Ás – Shizuku. Depois, Baixou a Impermanência Infinita e os Tornados Gêmeos. Na Fase Final, adicionou a Força Celeste – Mobilizar – Engajar! do Deck à sua mão, que o permitiu comprar outro card (Fusão Metalmorfose).

Henrique ativou o Palco Iluminado Trapestrela, e Paulo respondeu com os Tornados Gêmeos, descartando sua Fusão Metalmorfose para destruir o card de Henrique, impedindo-o de usar seu efeito. Contudo, Henrique tinha outro Palco Iluminado Trapestrela de prontidão! Ele o usou para adicionar a Trapestrela Candina do Deck à sua mão. Novamente, Henrique ativou sua Magia de Campo para congelar a Impermanência Infinita de Paulo. Em seguida, ele realizou a Invocação-Normal da Trapestrela Candina e tentou usar seu efeito, mas Paulo negou com o Ocultador de Efeitos. Então, Henrique baniu 5 cards do Deck Adicional para fazer a Invocação-Especial do Comedor de Milhões. A Trapestrela Candina atacou a Força Celeste – Ás – Shizuku e ambas foram destruídas no processo. O efeito de Cemitério da Raye foi ativado, permitindo que Paulo fizesse a Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Hayate, que foi banida logo depois pelo Comedor de Milhões. Na Fase Principal 2, Henrique Baixou 2 cards e ativou o Legado do Duelista! Posteriormente, na Fase Final, Paulo enviou sua Impermanência Infinita ao Cemitério.

Paulo comprou o Florescer de Cinzas & Primavera Feliz. Ele ativou a Força Celeste – Mobilizar – Engajar!, mas Henrique iniciou uma Corrente com a Carona, forçando Paulo a responder com o Florescer de Cinzas & Primavera Feliz. Paulo adicionou a Força Celeste – Mecha – Drones Zangões do Deck à sua mão e comprou um card. Depois, retornou a Fusão Metalmorfose do Cemitério para o Deck e comprou outro Florescer de Cinzas & Primavera Feliz. Em seguida, ativou a Força Celeste – Mecha – Drones Zangões para fazer a Invocação-Especial de uma Ficha que, por sua vez, se tornou matéria da Invocação-Link da Força Celeste – Ás – Kagari, cujo efeito permitiu que Paulo retornasse a Força Celeste – Mobilizar – Engajar!  para a mão. Paulo deu uma nova lida no efeito do Legado do Duelista antes de ativar o Engajar para adicionar a Força Celeste – Manobra – Pós-combustão! à sua mão e comprar a Transformação Campal. Então, ele ativou a Pós-combustão e selecionou o Comedor de Milhões como alvo. Henrique iniciou uma Corrente com o Bode Expiatório. Na sequência, Paulo destruiu o Comedor de Milhões e o Legado do Duelista. Depois, ativou a Transformação Campal a fim de adicionar a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero do Deck para a mão. A Área Zero foi ativada e seu efeito selecionou a Kagari como alvo, permitindo que Paulo adicionasse a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva à sua mão. Assim que a Kagari foi enviada ao Cemitério, o efeito adicional da Raye entrou em ação, retornando-a do Cemitério para o campo! A Raye atacou uma Ficha e, depois, foi Tributada em troca da Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Hayate, que atacou outra Ficha. Na Fase Principal 2, a Shizuku entrou em campo! Em seguida, na Fase Final, o efeito da Shizuku adicionou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção à mão de Paulo.

Henrique usou uma Ficha na Invocação-Link do Linkuriboh e Baixou um card na Zona de Magias e Armadilhas antes de encerrar seu turno.

Paulo comprou a Impermanência Infinita e trocou a Shizuku pela Kagari, cujo efeito adicionou a Força Celeste – Manobra – Pós-combustão! do Cemitério à sua mão. Depois, ele ativou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção e usou seu efeito para escolher a Área Zero. Henrique iniciou uma corrente com a Ordem Imperial. Paulo aceitou o desafio e respondeu com a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva, assumindo o controle do Linkuriboh que foi usado para atacar a última Ficha de Ovelha, o que abriu espaço aberto para que a Kagari realizasse um ataque direto, deixando Henrique com 5800 PV. Na Fase Principal 2, o Linkuriboh foi usado com a Força Celeste – Ás – Kagari na Invocação-Link da Cavaleira do Pesadelo Fênix. O efeito da Fênix permitiu que Paulo descartasse a Força Celeste – Manobra – Pós-combustão! para destruir a Ordem Imperial de Henrique. Em seguida, o efeito da Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero foi usado tendo como alvo a Cavaleira do Pesadelo Fênix, mas Paulo não conseguiu revelar nenhum card “Força Celeste” do Deck. Depois, ele Baixou a Impermanência Infinita. Na Fase Final, usou o efeito da Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção para Baixar a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva do Cemitério para o campo.

Henrique usou o Palco Iluminado Trapestrela para congelar o card com a face para Baixo de Paulo (ele presumiu que se tratava da Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva), e Paulo respondeu com a Cavaleira do Pesadelo Fênix. Na Fase Final, Paulo usou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção para Baixar o Força Celeste – Mobilizar – Engajar! do Cemitério ao campo.

Paulo comprou a Fusão Metalmorfose e ativou a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero ao escolher a Cavaleira do Pesadelo Fênix, revelando a Força Celeste – Mobilizar – Engajar! e 2 outros cards no processo. Henrique concedeu o Duelo a Paulo, que precisa de apenas mais uma vitória para vencer o YCS!

Duelo 2

Henrique decidiu começar. Ele abriu com o Pote dos Desejos, banindo os 10 cards do topo de seu Deck para comprar 2 cards. O Palco Iluminado Trapestrela foi usado em seguida, permitindo que Henrique adicionasse a Trapestrela Candina do Deck para a mão. A Trapestrela Candina, por sua vez, foi Invocada por Invocação-Normal. Henrique tentou ativar seu efeito, mas Paulo respondeu com o Ocultador de Efeitos – Henrique forçou o efeito iniciando uma Corrente com o Chamado da Cova de sua mão, banindo o Ocultador de Paulo! Após a resolução do efeito, Henrique adicionou a Reencravação Trapestrela à sua mão.

Paulo comprou e Henrique imediatamente ativou a Rivalidade dos Senhores da Guerra, deixando seu oponente em uma situação difícil. Em seguida, Paulo ativou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção e recebeu 400 pontos de dano devido aos efeitos da Candina e do Palco. Depois, usou a Transformação Campal para adicionar a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero do Deck à sua mão, tomando mais 400 de dano no processo.

Henrique decidiu usar a Reencravação Trapestrela e o Droll & Pássaro Fechadura. Oh, não! Paulo respondeu com a Força Celeste – Mecha – Impulsionador Águia e a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva na Candina, banindo os 2 cards restantes de sua mão (Fusão Metalmorfose e Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero). Na Fase Final, Paulo optou por não ativar o efeito da Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção.

Henrique realizou um ataque direto com a Trapestrela Candina, causando 2000 pontos de dano. Paulo ficou com 5200 PV.

Paulo comprou o Ocultador de Efeitos, que não teria muita utilidade no momento, então ele o Baixou e encerrou seu turno.

Henrique comprou e ficou com 2 cards em sua mão. O efeito da Trapestrela Candina destruiu o Ocultador de Efeitos de Paulo. Depois, Henrique Baixou um card e passou a vez.

Paulo Comprou o Tufão Espacial Místico e passou.

Mais uma vez, Henrique atacou diretamente com a Trapestrela Candina, deixando Paulo com 3200 PV.

Paulo comprou a Transformação Campal, ativando-a em seguida para adicionar a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero à sua mão, recebendo mais 400 pontos de dano que o deixou com 2800 PV no total. Ele ativou a Força Celeste – Espaço Aéreo – Área Zero e caiu para 2400 PV. Depois, usou a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção na Magia de Campo e, em seguida, usou a Área Zero para fazer a Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Raye de seu Deck.

Ele ativou o Tufão Espacial Místico para destruir a Rivalidade dos Senhores da Guerra e Henrique tentou responder com o Julgamento Solene, embora tenha sido impedido graças à Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção. Nesse momento, Paulo estava com 2000 PV, mas pelo menos estava livre para usar seus monstros do Deck Adicional.

O efeito da Força Celeste – Ás – Raye foi ativado para fazer a Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Kagari. Por sua vez, a habilidade da Kagari foi usada para escolher a Força Celeste – Mecha – Gancho Viúva do Cemitério, mas Henrique iniciou uma Corrente com a Carona para comprar um card.

Então, Henrique ativou a Reencravação Trapestrela para forçar Paulo a banir sua mão, que comprou o Florescer de Cinzas & Primavera Feliz no processo. Durante a Fase Final, Henrique usou os Tornados Gêmeos, para destruir a Força Celeste – Módulo Mecha – Multifunção.

Henrique mudou a Trapestrela Candina para Posição de Defesa, Baixou um card na Zona de Magias e Armadilhas e encerrou seu turno.

Paulo comprou os Tornados Gêmeos e ativou – virando a Ordem Imperial de Henrique no processo. Isso limitou suas ações. Depois, a Força Celeste – Ás – Kagari atacou e destruiu a Trapestrela Candina. Paulo, sabendo que o outro card Baixado de Henrique era o Julgamento Solene, decidiu não continuar.

Henrique fez a Invocação-Normal do Droll & Pássaro Fechadura e usou a Reencravação Trapestrela do Cemitério para retornar sua Trapestrela Candina ao campo – ambos os monstros se tornaram matérias para a Invocação-Link do Cavaleiro do Pesadelo Cérbero. Depois, Henrique usou outra Reencravação Trapestrela para recuperar a Candina. Agora, tanto a Candina quanto o Cérbero se tonaram matérias do Cavaleiro do Pesadelo Unicórnio! A habilidade do Unicórnio foi ativada para descartar o Chamado da Cova, fazendo com que a Força Celeste – Ás – Kagari voltasse para o Deck de Paulo. Em contrapartida, o efeito da Força Celeste – Ás – Raye entrou em ação, e ela voltou do Cemitério ao campo. Então, Henrique ativou sua última Reencravação Trapestrela do Cemitério para recuperar a Trapestrela Candina mais uma vez. O Unicórnio atacou a Raye – mas Paulo ativou seu Efeito Rápido e fez a Invocação-Especial da Força Celeste – Ás – Shizuku, que foi destruída em batalha. Para finalizar, Henrique atacou com a Candina e causou dano suficiente para vencer! Estamos a um Duelo de descobrir quem se tornará o Campeão do YCS São Paulo!

Confira a última parte dessa final emocionante do YCS São Paulo clicando aqui!

Autor: Joe Frankino