Home > 2019/11 - Pasadena, EUA, Yu-Gi-Oh! Championship Series > YCS Pasadena – Tech Update

YCS Pasadena – Tech Update

November 25th, 2019

Confira os tech cards que marcaram presença no Yu-Gi-Oh! Championship Series Pasadena durante o último fim de semana!

A Escuridão Rastejante foi lançada originalmente na coleção Order of Chaos em 2012, mas nunca teve um Deck para chamar de seu. Banir dois monstros de TREVAS era um custo alto demais para justificar a busca por um único monstro. Contudo, isso mudou graças aos Dragões do Trovão, que garantem diversos benefícios ao serem banidos! Por exemplo, alguns Duelistas estão usando a Escuridão Rastejante como um meio eficaz de obter o Dragão Negro Colapserpente diretamente do Deck – o que, em contrapartida, ativa os efeitos do Negrodragão do Trovão e Rugidodragão do Trovão recém-Banidos. De qualquer forma, se o seu Colapserpente não for adequado para determinada situação, a Escuridão Rastejante pode buscar por outros cards igualmente úteis, como até mesmo o Cavaleiro do Armagedom.

O Cálice Proibido sempre foi muito popular, mas, dessa vez, ele voltou com força total! Atualmente, esse card de Magia cumpre o papel de negar efeitos de monstros que poderiam interromper seu turno, como o Habitante do Abismo ou o Colosso Dragão do Trovão. O Cálice Proibido também é extremamente poderoso contra Apollousa, o Arco da Deusa, sendo capaz de negar seu Efeito Rápido para deixá-la com apenas 400 Pontos de ATK!

A I:P Mascarena é um dos cards favoritos da coleção Impacto do Caos – afinal, sua habilidade é especialmente forte para um Monstro Link-2. Alguns Duelistas estão combinando a I:P Mascarena com a Repressão para realizar uma Invocação-Link durante o turno do oponente e, de quebra, se livrar de um monstro inimigo. Ambos os cards são fantásticos, portanto, a I:P Mascarena pode ser útil mesmo sem a Repressão e vice-versa.

Cards que se autossubstituem sempre são um bom negócio. O Goblin Inexperiente foi uma das escolhas mais populares desde seu lançamento na coleção Spell Ruler em 2002 – no entanto, sua usabilidade e poder o tonaram um card limitado nos dias atuais. Sendo assim, os Duelistas tiveram que inovar e buscar por outras opções similares, como o No Vácuo. Ele fornece um meio consistente de abastecer sua mão ao mesmo tempo em que enche seu Cemitério de Magias, um movimento valioso para as Forças Celestes, por exemplo.

Apenas lembre-se de que o No Vácuo força o descarte de toda a sua mão na Fase Final do turno em que foi ativado. Por esse motivo, as estratégias que o envolvem não costumam usar muitos monstros, já que eles podem ser descartados por ficarem travados em sua mão. Por outro lado, o No Vácuo pode ser usado justamente com a finalidade de descartar cards, como no caso dos monstros Orcust.

O Amo Caveira não é um monstro que vemos todos os dias, embora seja bastante poderoso. Sua habilidade de negar efeitos do Cemitério acaba com a festa dos Orcusts, Dragões do Trovão, Abismos Ardentes e outros. Como se não bastasse, ele ainda tem 1700 Pontos de ATK, tornando-se uma ameaça em potencial no campo.

As Armadilhas Limitar Invocação e Só Pode Haver Um não são tech cards em sua essência, mas servem de complemento para muitos Decks Auxiliares e, em alguns casos, Decks Principais. Ao longo do YCS Pasadena, vimos diversos Duelistas usarem um deles (ou ambos!) com o tema Força Celeste.

Se quiser conferir os detalhes do YCS Pasadena, clique aqui* para saber mais!

* Conteúdo disponível em inglês.

Autor: Tyler Berger